terça-feira, 17 de junho de 2008

afogando no blue velvet detergente





"...Em tempos de guerra, a delicadeza da obra de Ed França, como uma das últimas testemunhas dos desencantos contemporâneos.


Desertos humanos, mundos em decomposição, raios solares fragmentados, cubos isolantes, identidades condensadas, definições abruptas, prisões solitárias, amores cortantes, espaços abertos, feridas marrons separando pesadelos, vestígios de vida suspensos na memória de tempos menos líquidos, mundos periféricos, o sol - oh tantos soís - se afogando no blue velvet detergente."



Tânia Alice Feix



*Tania Alice Feix é escritora, diretora teatral e professora-doutora em Letras e Artes pela Universidade de Aix-Marseille I (França).

Atualmente, é professora de Artes Cênicas na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Escreveu e dirigiu "Um breve retrato da dor (dá pra sentir)" e "Ser Ou Não Ser. Com" (CE). Publicou o livro infantil “Todo mundo sabe!” com ilustrações de Christophe Esnault e vários contos, poesias e ensaios em revistas, jornais e na internet.

.
.

. na imagem: detalhe de trabalho da série Cubos, site oficial voce confere!...clique aqui
. no som: Marilyn Manson _Heart Shaped Glasses.
.
.

Nenhum comentário: